segunda-feira, 29 de novembro de 2010

#mistérios


Para que fazer mistério?
Da data de aniversário
do que queres
do que fazes

Para que fazer mistérios por coisas tão banais?
Você não sabe que eu aprendi a te ler?
Você foi o livro mais fácil de aprender
e o mais óbvio de entender

Eu decorei você!
Decorei o seu jeito de sorrir
seu jeito de olhar
seu jeito de se mexer no cabelo quando estais constrangido 
e de molhar os lábios quando estais nervoso

Eu te conheço no olhar
nos gestos
no jeito...

E sabe qual é a graça?
A graça é que após tanto tempo te decifrando e te entendendo
eu entendi que nunca houve mistério algum.
Você sem querer sempre foi água cristalina 
... e você nem sabe!



 

domingo, 28 de novembro de 2010

#ressaca



Eu que não fumo queria um cigarro
Eu que não amo você
Envelheci dez anos ou mais nesse último mês
Senti saudade, vontade de voltar
Fazer a coisa certa: aqui é o meu lugar
Mas, sabe como é difícil encontrar
A palavra certa, a hora certa de voltar
A porta aberta, a hora certa de chegar

Eu que não fumo queria um cigarro
Eu que não amo você
Envelheci dez anos ou mais nesse último mês
Eu que não bebo pedi um conhaque pra enfrentar o inverno
Que entra pela porta que você deixou aberta ao sair
O certo é que eu dancei sem querer dançar
Agora já nem sei qual é o meu lugar
Dia e noite sem parar procurei sem encontrar
A palavra certa, a hora certa de voltar
A porta aberta, a hora certa de chegar

Eu que não fumo queria um cigarro
Eu que não amo você
Envelheci dez anos ou mais nesse último mês
Eu que não bebo pedi um conhaque pra enfrentar o inverno
Que entra pela porta que você deixou aberta ao sair


(EngHw) 

#milagres



Tem dias tudo parece ser um milagre.


Acordar


Andar


Sorrir


Comer


Amar





Mas hoje, hoje não.


Hoje não acredito em milagres - hoje morri em vida


Amanhã me recupero e volto a acreditar em que tudo seja um milagre


Mas hoje não - só por hoje não.

#toque


Toque-me como antes
Toque-me para me fazer parar de chorar
Toque-me para me fazer cócegas
Toque como se fosse a última vez 

Toque-me para eu lembrar de como são seus dedos
Toque-me para eu te amar
Toque-me com carinho  
Toque como se fosse a última vez

Toque-me de novo, por favor
Toque-me para eu não esquecer
Toque-me para eu chegar ao Paraíso

Toque-me para eu dormir
Toque-me para eu querer mais
Toque como se fosse a última vez 
 

sábado, 27 de novembro de 2010

back in black



Bia, Bia, Bia - dona Bia...
Dona dos seus sonhos e desejos
de seus prazer e amor
de sua loucura e aventuras


Saindo do luto em busca de vida
em busca de amores
em busca de aventuras
em busca de prazeres
em busca de novos sonhos e desejos


Bia, Bia, Bia - dona Bia...
Dona dessa vontade louca de ter alguém 
alguém que seja dono-dono-dono
Dono dos seus sonhos e desejos
de seus prazer e amor
de sua loucura e aventuras...!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

#felicidade

Deixo aqui registrado um dia very very happy que vi coisas lindas 
#sigilototal

19/10/2007


  1. camisa rosa - barba por fazer, loiro, olhos verdes (1 dos mais fofos *-*)
  2. irmão do Ed - tdb azurrr (AAAI!)
  3. ed. física - loiro, olhos azuis (UIUI!)
  4. irmão do Renan - melhorado³, mauricinho (=D)
  5. azul claro - olhos azuis (escorado na escada)
  6. arquitetura - moreno dos olhos blue (atrás da gente)
  7. agro - geral (alemão - alto, branquelo LINDO!! // moicano de brinco! // de branco - cabeludo castanho... estava na frente do moicano)
  8. loiro de moicano (foto \o/)
  9. led (foto \o/)
  10. skid row com toquinha *-* 
  11. azul claro de olhos azuis (praça da alimentação)
  12. coisa linda com a namorada (praça na minha frente) "é irmão...  é  irmão" -Q
  13. mauricinho moreno
  14. o 1º! ed. física... regata cinza!! *-*
  15. BANCO DA PERDIÇÃO!! (5 agroboys reunidos AOW TCHÊ!!! \o/\o/)  *-* 
  16. Rogrigo (CCAA - exclusivo da minha amiga) #KKKKKKKKKKKKKKKKK
  17. AVANT GARD!! Desculpa seus olhos maravilhosos, carinha de bebê, magrinho mais lindo! Estilo 'exótico'
  18. boné, magrinho, olhos verdes, bochecha rosada, tomando coca-cola #somospescoçudas
  19. coisa linda, de blusa bege, olhos azuis e boné cinza 
  20. loiro 3ºF (2006, exclusivo da Bia)
  21. camisa azul escura... bracinho (anjo) 
  22. futuro médico - UFMS
  23. camiseta vinho com boné azul marinho *-* (Riachuelo) 
Música do dia: UM DIA FELIZ ÀS VEZES É MUITO RARO!!!!!
HUAHUA! :D~

aborto - diga NÃO!


Por muito tempo defendi o direito da direito da mulher de fazer o que quiser com o corpo. De se engravidasse na adolescência poderia abortar e fazer o diabo... (afinal de contas, o corpo é dela) só que com o passar do tempo fui amadurecendo as idéias e sinceramente comecei a abominar a idéia do aborto.

: - Bia, e se engravidar na adolescência? E os estudos e os sonhos da menina?
resp.: PENSASSE NISSO ANTES DE ABRIR AS PERNAS! Não tem porque criança fazer sexo - sexo só para maiores de 18 JÁ!

: - Mas Bia, talvez a família não tenha condições de criar o bebê.
resp.: ADOÇÃO!

Aí vai a pessoa de mente pequena que prega campanhas contra aborto e usa a pílula do dia seguinte. -Q? PÍLULA DO SEGUINTE É UM MÉTODO ABORTIVO (para os antas de plantão) 
Quer usar a pílula? #use - MAS NÃO SEJA HIPÓCRITA, POXAVIDA!

Logo que o óvulo é fecundado HÁ UMA VIDA CRESCENTO DENTRO DE VOCÊ! UMA VI-DA! E VOCÊ TEM O DEVER DE CUIDAR DESSA VIDA! VOCÊ ABORTANDO VOCÊ ESTARÁ MATANDO ESSA VIDA E CARREGANDO UMA CULPA ATÉ O DIA DA SUA MORTE.

Lembrando que: 
  1. o aborto  pode trazer danos físicos à mãe 
  2. o aborto TRAZ danos psicológicos à mãe, podendo causa depressão seguida de suicídio
  3. o aborto É crime!                                
 Aí vem o vossa linda, ilustríssima e genial Excelência e resolve assinar um decreto INCONSTITUCIONAL chamado PNHD3. O PNDH3 para quem não sabe é um Programa Nacional de Direitos Humanos no qual consiste em tentar transformar o Brasil, que é um país religioso, em um Estado laico; é a favor do casamento gay; da liberação da maconha; da censura à Imprensa; A FAVOR DO ABORTO PAGO COM DINHEIRO PÚBLICO... COM DINHEIRO PÚ-BLI-CO... COM O SEU DINHEIRO... VOCÊ AJUDARÁ A PAGAR O ABORTO ALHEIO, A MATAR VIDAS; entre outros artigos que compõe esse novo AI.
DIGA NÃO AO PNDH3!
DIGA NÃO AO ABORTO!
DIGA SIM À VIDA E AOS SORRISOS DE NOSSAS CRIANÇAS! 





 Grito pela vida
(Antonio Alves)  
(crianças) 
Eu choro, o padrinho chora! A vovó chora, a mãe chora , o vovô chora chora
Papai, mamãe - deixem eu viver | Hooooo meu Deus!!!
Quem é contra a vida já nasceu | Assim fica mais fácil decidir
Mas também nasci e a diferença eu vou fazer | para soltar meu grito estou aqui
Sim a vida esté é o meu grito | Sim a vida é um grito meu e seu
Sim a vida para que todos ouçam | Quem vota pela morte não morreu
Como ouvirá esse sorriso (risos) | Se ele ou ela não deixar viver?
É Deus dá a vida você não pode tirar | Deixa esta criança nascer
Eu quero viverrrrrrrrrrrrrrrr!!!!!!!!!!!!!!! 

Jackies blues



Eu faço a minha própria perfeição
nos banheiro da vida
buscando a boemia
procurando amores num beco sem saída
escuro


Assistindo um replay de uma vida sem porques
com uma garrafa de Daniels
e meus poemas down


Só mais um corpo deitado na escada
imaginando estrelas azuis 
no céu cinzento como seu sorriso muleque


Qualquer coisa sem sentido 
que me tire dessa monotonia 
e me jogue nos braços da boemia


Ouça a música vinda do barulho das garrafas
garrafas de lágrimas perdidas
por qualquer coisa assim
qualquer coisa sem sentido
qualquer coisa do tipo que se apague da memória 
de qualquer pessoa presa numa nostalgia 
no centro da cidade iluminada por vagalumes


Eu não sei escrever
mas escrevo drogas pra passar o tempo
pra não perder meu tempo
pensando em coisas você
como as que escrevendo banais
nessa brincadeira de arrastar a ponta dos meus dedos bêbados no teclado


Algo tipo... sem sentido algum...
Algo que não deixe down!

#sim



Sim, tudo agora está no seu lugar
O Universo até parece conspirar
Para que não seja tudo em vão
Tanto tempo esperando esse amor

Sim, parece até que nada em nós mudou
Tanta coisa a gente inventou
Pra chegar afinal onde sempre eu te quis
Ver chegar

Paixões que eu vivi como se fossem uma
A tua espera sempre foi assim
Contratos feitos com o tempo
Amores são sempre possíveis
Sim... Sim


#exit


Você faz papel de perfeito
Sente-se inteiro
Crê que tem defeito 
Vai ao enterro de seu último jardim
plantado sua última quimera que um dia eu a vivi

blues do desapego


O blues da minha vida  me faz ver o cinza das paredes verdes do bar amarelo.
As lâmpadas das ruas quebradas - quebradas apagas as folhas caídas sem gotas de pingos para alivia a dor da seca que dói de amor.
Bateu
doeu
virou saudade
o vento que fala seu nome 
a nota que toca meu peito.
Chorei 
morri
renasci
sorri.
Virou felicidade!

#31


Eu amei você até o último minuto do dia 31... 
depois comecei a gostar de futilidades e pieguices
palavras cruzas e chocolates
chaveiros e flores de papel.

Por poucos minutos, ditos talvez como meses infernais,
passei a esquecer minhas coisas você para ser uma pessoa confusa e confundida
para melhor assim dizer,
salva por uma música irritantemente sentimental
e por uma visão intensa de um roxo folha.
Encontrei-me com meu mais triste e profundo eu.

Nunca imaginei me sentir tão vazia e logo tão feliz
desinteressada e querendo saber tudo
buscando conhecimento em palavras que sei que nunca irei usar

Eu te amei até o último minuto do dia 31. 

?


Garota má bêbada às 6
Beijando os lábios de outros
trocando nomes e cataventos
dançando o vermelho 
cuspindo prazeres
imitando Buster Keaton 
cantando blues e tirando a meia.

Garota má bêbada às 6
Será que ele sabe?
Será que ele viu?
Será que ele se importa?
Será que irei parar de tentar chamar sua atenção?

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

A vida é cor-de-rosa

 Estão tocando ''La vie en rose'' - há alguém apaixonado! 
Posso sentir o sorriso dos corações dançantes enamorados.



Des yeux qui font baiser les miens,
Un rire qui se perd sur sa bouche,
Voilà le portrait sans retouche
De l'homme auquel j'appartiens
Quand il me prend dans ses bras
Il me parle tout bas,
Je vois la vie en rose.
Il me dit des mots d'amour,
Des mots de tous les jours,
Et ça me fait quelque chose.
Il est entré dans mon c?ur
Une part de bonheur
Dont je connais la cause.
C'est lui pour moi,
Moi pour lui dans la vie,
Il me l'a dit, l'a juré
Pour la vie.
Et dès que je l'aperçois
Alors je sens en moi
Mon c?ur qui bat

Des nuits d'amour à plus finir
Un grand bonheur qui prend sa place
Des ennuis des chagrins s'effacent
Heureux, heureux à en mourir.
(composição de Edit Piaf)

Novos horizontes



Quero me perder no meu mundo
Chega! Não quero mais viver de lembranças - já passou  e virou pó
quero aventuras e loucuras

Quero muito laranja e amarelo
quero morangos no outono
amoras na primavera

Quero meu presente de volta
quero minhas músicas
quero momentos meus
quero todas as estações do ano em um único olhar!

Quero meu mundo em cores
alegres
listras
sujas


#dor



É possível sentir dor física por medo? 
Por lembranças?
Por músicas, telas e filmes?
Dores abstratas por pancadas físicas?
Dores físicas por pancadas abstratas?
Com sujas cores irreais, surreais, reais demais?

Dor de Van Beethoven
Realidade de Almodóvar
Sendo dor é abstrato
Mas é o abstrato real que me dá dor
Dor do medo
Dor  do anseio
Dor da falta
Dor do amor

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Receita para fazer um poema dadaísta




Pegue um jornal.
Pegue a tesoura.
Escolha no jornal um artigo do tamanho que você deseja dar a seu poema.
Recorte o artigo.
Recorte em seguida com atenção algumas palavras que formam esse artigo e meta-as num saco.
Agite suavemente.
Tire em seguida cada pedaço um após o outro.
Copie conscienciosamente na ordem em que elas são tiradas do saco.
O poema se parecerá com você.
E ei-lo um escritor infinitamente original e de uma sensibilidade graciosa, ainda que incompreendido do público.
                               
(Tristan Tzara)

#música

De acordo com o Dicionário Escolar da Língua Portuguesa (Ministério da Educação e Cultura), música significa s.f Arte e ciência de combinar os sons de modo que agradem ao ouvido; qualquer composição musical. solfa; execução de qualquer peça musical; conjunto, ou corporação de músicos; orquestra; filarmônica; (fig. qualquer conjunto de sons: (depr.: musiqueta): - de câmara: designação genérica de toda e qualquer música solista ou de pequenos agrupamentos de solistas; - de programa: a que procura, por meio de elementos instrumentais, descrever um assunto fixado em págin literária que vem impressa no programa do concerto; - pura: obra exclusivamente instrumental: a que, não se baseando diretamente em elementos descritivos, quer objetivos, quer psicológicos, tira dos elementos dinamogênicos (ritmo, melodia, harmnia) as suas razões de agradar.


Para mim, música é mais que isso, música é sentimento, é tato, é olfato, é paladar, é visão, é audição. Só a música é capaz de lhe transportar para lugares e lembranças.
Música para mim é a mais pura e cruel arte. Música para mim é manipulação covarde que domina cada respirar seu. Música tem o poder de te acalmar e te irritar.
Música é amor, é ódio, é medo, é angústia, é solidão, é alegria, é desespero, é esperança.
Música é a invenção abstrata mais difícil de se descrever.
Resumindo: Música é um conjunto de EMOÇÕES!

Música e a Dança: A música liberta a alma e a dança liberta o corpo. 
A cada passo, a cada gesto, a cada olhar, a cada expressão estamos coreografando nosso destino.
É incrível como a música domina nosso corpo e nos faz movimentar-mos involuntariamente - como se uma força maior nos puxasse para a pista da vida para dançarmos incansavelmente os ritmos que as notas no dão.
Não existe dança sem música e não existe vida sem música.
Alguns ritmos bons para dançar: ballet, músicas marcadas por cítara ou derbake, bolero, reggae, hip hop, valsa, jazz, soul, funk groove, samba-rock, samba de raiz, tango, flamenco e passo doble.


Música e a Liberdade: Imagine a seguinte cena: uma estrada vazia, você em cima da sua harley correndo descontroladamente, ouvindo ''Free bird'' da banda Lynyrd Skynyrd no último volume, de braços abertos sentindo o vento bater no rosto (tirando que se você fizer isso estará infringindo todas as leis de trânsito e possivelmente morrerá) é um exemplo da sensação que uma música pode causar. 
Há músicas, como esta que citei acima que nos permite voarmos e fazermos loucuras sem sequer tirar os pés do chão. Músicas carregam espíritos, e o espírito da liberdade é o mais insano e delicioso. Sentir o prazer de expressar a liberdade através da música é sublime.
Nem preciso comentar que o rock n' roll sessentista/setentista (Woodstock) é gênio em estruturar nossa mente para liberdade e libertinagem.


Música e medo: O que seria da Sétima Arte sem a música? Já assistiu qualquer filme de terror no mudo? Pois é, a sonoplastia é TUDO!
Do que você tem medo? Das imagens ou da música que envolve o suspense? Faça esse teste, pegue o filme mais aterrorizante que você tem em casa e o assista no mudo e analise como fica bobo e muitas vezes até engraçado.
Há músicas que nos trazem o medo junto. Medo da morte, medo de fantasmas, medo do fogo do inferno, medo de palhaços, medo, medo, medo, medo até das sombras.


***metade desse post foi estranhamente deletado, então um dia o refaço, ou não. 

A jornalista e o poeta


Sinta o gosto da vida
Sangue lhe alimenta em seu leito de morte
Sonhos rasgados pela realidade
Triste fim levara a verdade
- Carlos

A verdade que você  já sabe,
Por que olhas para mim 
como se soubesse que meus mais puros sentimentos são seus?
Como se o amanhã não existisse?
Como se o mundo fosse nosso, apenas nosso? 
- Beatriz

Borboletas voam pela janela
O silencio se quebra
Pelo apito do anjo mais sedutor dos meus sonhos
Clamo por seu nome aos deuses
- Beatriz

Pecado carnal
Pedaço de carne sem alma
Desejo fatal
Amor violento
Em troca de sua eternidade 
- Carlos

Escrevo seu nome em minha pele
Pele consumida pelos vermes
Vermes amantes da minha alma  
- Carlos

Caindo do céu sem poder voar
Sussurros fúnebres vem me assombrar
Nas sombras das mentiras contadas 
- Beatriz

Mentiras que  fazem rir
Mentiras que fazem feliz 
Mentiras que fazem chorar
Mentiras que nos faz amar!

#busca


Eu ando pelo quarto contando cores que não conheço
Cores que procuro no mundo
Cores de rios, mares
                                                                   - cores
Cores de olhos e bocas
Cores de corações  
                                                                     
Eu ando pelas trevas em volta da luz
Procurando a luz
Nas trevas da luz
                                                                        - trevas
Da luz dos seus sentidos
Luz dos seus pensamentos
                                                                       
Eu ando pela rua procurando sombras
Olhares e bocas
Sombras como a sua
Mentes como a minha
Gente como a gente
                                                                         - emoções
Que ama e sofre
Que vive e chora
Que entenda ser você
                                                                        

#cores



Cores de todas as cores de todas vibrantes de todas sujas cores cores cores de todas as cores quero mais cores muito mais cores cores cores cores de Almodóvar cores de sombras unhas e batons cores cores cores cores cores várias cores inúmeras cores correndo cores de balas e avelãs cores cores de pintar o mundo cores.
Cores.
Cores.
Cores.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

St. Berry Lovers ♥

(foto manipulada por Brenna)

Quem me conhece sabe como eu acho ridículo fanatismo, ainda mais por série, artistas, personalidades, programas de tv, filmes, etc e talz... até porque você não conhece tal pessoa que você diz amar para sempre. Acho isso besta mas tudo bem. Esse post é sobre um casal que torço muito de uma série que acompanho. É, torço muito, sou fã do casal e irei explicar porque, sou de uma comunidade referente ao casal e me divirto muito nessa comunidade. Acho que você pode ser fã de algo sem fanatizar e bancar o imbecíl. E eu estou SIM fazendo propaganda (mua*) desse casal e da comunidade (onde todos são muito bem recebidos por sinal, as meninas são uns amores)


(foto manipulada por Brenna)

Pois é, é o casal  Rachel  Berry e Jesse St. James, da série Glee. 
Olha, eu assisto MUITAS séries, mas MUITAS séries MEEEEESMO... e esse é o meu casal favorito \o/
Vamos lá... uma breve história de como aconteceu St. Berry.
O personagem Jesse St. James (o todo lindo Jonathan Groff) tinha apenas UMA missão, que era apresentar a ''professora'' do Vocal Adrenaline Shelby Corcoran (Idina Menzel) à sua filha  Rachel Berry (Lea Michele). Jesse aproveitaria essa deixa para treinar seus dotes como ator. Então ele se aproxima de Rachel e se encanta com o talento da mesma. Como Glee é uma série musical, eles cantam uma música de Lionel Richie chamada ''Hello'' e a partir dali iniciam um romance.


video 


Só que não devemos brincar com os assuntos do coração, ficou mais que claro que eles iriam se apaixonar... e não deu outra. Ele não conseguia mais atuar e ela já estava encantada por ele. Só havia um porém... Jesse fazia parte do grupo glee Vocal Adrenaline e Rachel do New Directions, eles iriam disputar o troféu nas Regionais. Então no início o namoro foi meio às escondidas, mas logo Jesse mudou para a escola de Rachel e entrou para o New Directions.



Rachel começa a confiar em Jesse e a contar seus desejos mais profundos - um deles é o de conhecer sua mãe biológica. Rachel tendo esse sonho tornou de certa forma a ''missão'' de Jesse mais fácil. 
Enquanto o tempo passava eles enfrentaram brigas, ciúmes (do Finbecil), a primeira vez da Rachel (que não aconteceu porque ela é besta... tipow... era o Jesse... por que não perder a virgindade com o Jesse? -q... não faz sentido -q) entre outras coisitas mais.


Pois bem... Jesse conseguiu realizar o tão sonhado encontro de mãe e filha (e creio que até hoje a Rachel não sabe porque o Jesse fez tudo o que fez com ela) e a ''missão'' do Jesse havia terminado. 
Jesse cursava o último ano do colegial e pretendia ganhar uma bolsa de estudos para a Faculdade da California - LA, e ganhando as Regionais seria mais fácil. No glee New Directions ele não teria chances de ganhar, então ele volta para o Vocal Adrenaline partindo o coração da Rachel.


Ele escolheu a carreira ao invés de sua paixão pela Rachel. Entendo muito bem a escolha que ele fez e imagino o quanto ele deve ter sofrido, pois em uma das cenas ele teve que mostrar que estava de volta ao Vocal Adrenaline fazendo algo monstruoso e que muitas pessoas não entenderam e o colocam como vilão da história. É uma cena muito triste, na qual o Jesse chama a Rachel e ela vai toda feliz encontrá-lo e começam a tacar ovos nela, uma colega do Jesse pergunta se ele não irá tacar o dele e a Rachel responde com lágrima nos olhos ''do it (faça)'', e ele com toda a tristeza do mundo carregada no olhar quebra o ovo na testa dela como se ele estivesse quebrando na dele. Okay, aí ele prova que está de volta ao Vocal Adrenaline e eles ganham as Regionais.




Okay... após tudo isso ter acontecido... Beatriz, você ainda torce por este casal?
MAS É CLAAAAAARO QUE SIIIM!!!!
Okay, acho que essa ovada foi escrita num momento de surto e maconha do autor da série, mas tudo bem. HAUHAUHAUHA' *cena desnecessária*
Por que eu amo esse casal? Porque eles se completam! 
A Rachel faria a mesma coisa se ela estivesse no lugar dele, pois ela visa a carreira em primeiro lugar também.
Esse casal nomeado St. Berry, é perfeito pois a química entre os dois é perfeita.
O Jesse é um cavalheiro, muuuuuito³ gato, que sente orgulho da Rachel e tem tanto talento (ou mais até) quanto ela. A voz dos dois combinam, tudo dos dois combinam. Embora ele tenha feito uma gemada na testa dela, ele a amou de verdade, ele entendia a alma dela, o drama dela, os sonhos dela. Ele a apoiava, a protegia e sofreu por ela.




E toda essa química rola porque em off eles são melhores amigos. Isso mesmo, Lea Michele e Jonathan Groff são best friends forever. Ele vai em todas as apresentações dela e ela diz que ele é o braço forte dela. Vivem juntos e parecem namorados na vida real. Então quando Jesse atua com Rachel, é como se Jonathan estivesse falando com Lea, e não o Jesse com Rachel. Eles dão o ar de realidade, de espontaneidade e não de roteiro decorado. 
Eles foram feitos um para o outro e merecem ficar juntos. Como o Jesse irá voltar no final da segunda temporada da série (vamos rezar para que ele fique fixo \o/), acho que terá mais St. Berry *-* ... e suas cenas quase quentes (se bem que qualquer cena com o Jesse é quente. mua*)


Essa dupla dinâmica protagonizou o espetáculo musical rock da Broadway "Spring Awakening" que mostra o despertar sexual da adolescência.
Jonathan é Melchior (personagem carismático, determinado e inteligente - adora ler livros) e Lea é Wendla (amiga de infância que se apaixona por Melchior).
O espetáculo é  dividido em dois atos e vale a pena ir atrás para assistir.


Agora irei falar da ''Máfia St. Berry''.
As pessoas que assim como eu gostam e querem que esse casal fique junto ao longo da série e que acompanham o trabalho de Jonathan Groff e Lea Michele, se juntaram em uma comunidade do orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=107157375 para fazerem fanfics, compartilhar imagens, gifs, músicas, vídeos, etc. Incluindo o badalado chat, no qual sai de tudo, mas o mais legal é quando pegamos o Finbecil para Judas...HAUAHUAIHIAUHA.. ele é mais malhado que personal trainer em academia.
Nossa comunidade completou 1 mês no último dia nove. Um mês de longas conversas, muitas gargalhas, suspiros, carinho e MARATOOOONAAA ST. BERRY!!!! (tem para baixar na comunidade)


Então... se você é assim como eu e como essas meninas que gostam de sair do clichê Finchel (ninguém merece a Rachel com o Finn né, é pa acabá ¬¬), entre nessa comunidade e faça parte do grupo St. Berry, tenho certeza que você será muito bem vindo!



Só lembrando que para a alegria da mulherada o Jon estará de volta \o/
Até porque, nós merecemos ver algo LINDO como ele e algo inspirador como esse casal - St. Berry!

Se eu fosse você, eu daria uma avaliada no casal e torceria com a gente para o autor deixá-los terem um romance épico!

E embora soe meio ridículo vindo de mim, eu digo: